Psicologia e Terapias

Psicologia e terapias

Psícologia clínica

A Psicologia Clínica é uma das áreas de aplicação da psicologia destinada a investigar e a intervir no âmbito da saúde mental. O psicólogo clínico possui a especificidade de aperfeiçoar aspetos interpessoais e intrapessoais, além dos aspetos relacionados com a história de vida do paciente. A ação deste profissional é requerida em situações de crise individual ou grupal, ou quando sucedem perturbações de comportamento ou personalidade. As atribuições do psicólogo clínico não estão reduzidas a uma perspetiva curativa, mas estão, sobretudo, relacionados com a prevenção e redução das situações de risco, bem como com a melhoria da qualidade de vida.

Poderá ser um complemento pedagógico, no sentido em que uma baixa autoestima, um autoconceito negativo, um défice de autonomia, bem como, alguma fragilidade em termos de competências sociais e relacionais e a incapacidade de lidar com situações familiares diversas, podem influenciar negativamente o desempenho académico da criança e jovem, bem como o desenvolvimento saudável da sua personalidade e a sua capacidade de integração e adaptação.

Destinatários: as Inscrições estão abertas nos horários propostos na ficha de inscrição.

Mais informações

 

Inscrições:  Inscrições abertas a todos os alunos da escola.

Psicologia da Educação

A psicologia da educação é uma disciplina-ponte, de natureza aplicada, cujo objeto de estudo são os processos de mudança (desenvolvimento, aprendizagem e socialização) que ocorrem nas pessoas na sequência da sua participação numa ampla gama de situações e atividades educacionais.

Trata-se de um acontecimento independente da idade e de outras características concretas das pessoas e dos traços específicos das situações e atividades educacionais, não se circunscrevendo às que ocorrem em contexto escolar.

Sendo o processo de ensino-aprendizagem um dos objetos fundamentais desta ciência, importa também abranger a educação familiar da criança e do adolescente, considerando que o processo de ensino-aprendizagem não se limita ao aspeto puramente cognitivista, sendo também afetivo- -motivacional, diferencial, desenvolvimental, ultrapassando o contexto escolar.

Ao psicólogo da educação cabe, nesse sentido, a tarefa de observar (diagnóstico), interpretar (prognóstico) e intervir no ato educativo, aos mais diversos níveis da aprendizagem, promovendo o educando e potencializando ao máximo as suas competências nas mais variadas vertentes.

Destinatários: inscrições estão abertas nos horários propostos na ficha de inscrição.

Mais informações

 

Inscrições:  Inscrições abertas a todos os alunos da escola.

Terapia da Fala

A terapia da fala é a área de intervenção responsável pela prevenção, avaliação, tratamento e estudo científico da comunicação humana e das perturbações com elas relacionadas, tendo como base, melhorar a capacidade de comunicação. Em crianças previne e trata perturbações relacionadas com a comunicação, utilizando sistemas aumentativos e alternativos de comunicação, como gestos, símbolos, sistemas eletrónicos de comunicação, entre outros; com a linguagem, sobretudo, ao nível da fonologia, sintaxe, semântica, construção de frases, pouco vocabulário para a idade, processamento da linguagem, incluindo a compreensão e expressão oral; e com a fala, ao nível da articulação verbal, fluência, voz e ressonância.

Trata-se de uma área de intervenção complementar do processo de ensino e de aprendizagem, na medida em que, no caso das crianças, é importante a identificação de dificuldades ao nível do desenvolvimento da linguagem, de forma a permitir o aumento da eficácia da comunicação pessoal, no meio social e educacional, a fim de promover o desenvolvimento e a autonomia com vista a uma boa qualidade de vida.

Destinatários: inscrições estão abertas nos horários propostos na ficha de inscrição.

Mais informações

 

Inscrições:  Inscrições abertas a todos os alunos da escola.